Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Máscara versus Rosto

"A atitude humana pode ser tão súbtil que, cada vez mais, as várias máscaras parecem rostos."

 

Da minha colega,

Mª Clara


publicado por Brama às 00:16
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Maria a 30 de Abril de 2008 às 09:07
Isso significa que continuamos a evoluir no mau caminho!! A hipocrisia e o cinismo continuam a ser características essencialmente humanas e com maior nível de requinte de geração para geração...

É por isso que prefiro os animais! Os outros! Chamem-me o que quiserem...

Beijinhos


De Paulo a 30 de Abril de 2008 às 09:16
Certeira, a tua colega Maria Clara! Eu balanço entre o rosto e as várias máscaras... tantas que às vezes me perco de mim.


De manuel braga serrano a 30 de Abril de 2008 às 13:30
Mas o que se pode fazer numa altura em que nos magoam de uma forma também cada vez mais subtil ?


De Brama a 30 de Abril de 2008 às 18:13
Não sei o que se pode fazer. Mas creio que o descrédito nos Homens aumentará na mesma proporção.


De medusasss a 30 de Abril de 2008 às 22:19
Hummm...

Não me parece que a humanidade tenha evoluído nos últimos milénios, e não me parece que a sociedade também esteja assim tão diferente: continuamos hipócritas, vaidosos, individualistas e egoistas, tal e qual como consta de todos esses livros intemporais, de Stendal a Balzac, a Victor Hugo, Eça de Queirós... etc...

E as máscaras... as máscaras são essenciais! Não vou tratar mal alguém só porque estou mal disposta; Não vou dar o prazer de demonstrar a uma "conhecida", ávida de informações sobre a minha vida privada, que estou triste ou melancólica; não vou fazer amizades em terreno instável de trabalho, antes mostrar cordialidade e simpatia e depois logo se vê... e num relacionamento amoroso, não me vou desnudar toda, e mostrar todas as chagas, porque há coisas que são só nossas e mais ninguém tem de saber!

Claro que há muita gente que é mesmo hipócrita, e há outros, confusos, que confundem a máscara com o próprio rosto... mas nós sem máscaras não poderiamos viver em sociedade.

(e isto dá pano para muito mais, mas fico-me por aqui)

***


De Brama a 30 de Abril de 2008 às 23:34
Apesar de concordar com a essência da frase da minha colega, tenho de admitir que a tua mensagem é arrasadora. Introduziste (salvo seja!), novos aspectos a esta discussão. Cá está, não existem mesmo verdades absolutas ... até nisto. No entanto acho que a intenção inerente a esta frase é outra ... sei que entendeste qual era mas que, consideraste por bem introduzir ( ... outra vez!), aspectos novos para "fertilizar" o debate.


De Graduated_Fool a 1 de Maio de 2008 às 01:55
Por acaso não concordo muito com a frase, no sentido em que, para mim, essa subtileza não existe, ou seja, não vejo as máscaras como algo de subtil, vejo-as muito nitidamente. Basta estar um pouco atento e está lá tudo à vista e tudo escondido.
E tu, meu querido, és daqueles que o vê muito bem.
Mas entendo a ideia da frase, sim. É a velha história das mascaras de cada um, a velha história das capas de papelão que, com alguma chuvinha, lá se vão e deixam mostrar muito do que está por baixo.
Por acaso mal li a frase lembrei-me logo de alguns aspectos aqui referidos pela medusasss. É impossível viver sem capas, sem máscaras. Em sociedade, infelizmente é assim. Todos as temos. O ideal seria torná-las o mais ténues possível, mas será que assim seriamos nós mesmos? Será que cada um de nós, na sua essencia, não é um grande conjunto de máscaras que nos tornam únicos e, ao mesmo tempo, tão parecidos uns aos outros?


De Leila* a 1 de Maio de 2008 às 13:38
Eu acho que todos usamos máscaras, uns mais do que outros, uns mais intensamente do que outros. É dos meios que frequentamos e das pessoas com quem lidamos. Temos de nos adaptar, é o segredo da saudável convivencia...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. SIA Lentil

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Sem "papas na língua", co...

. Heartbeat Educação

. Que seria de nós sem um G...

. Como estamos em Ditadura ...

. Born Free

. MDNA, in full conviction!

. Cheikh N`Digel Lô e MDNA

. É assim que Shanghai pens...

. Aziza Mustafa Zadeh

. O tempo é escasso

. Só para relaxar um pouco ...

. Mulher que mata qualquer ...

. She give me money ... whe...

. Ainda estou vivo

. Because of You ...

. Inté

.arquivos

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Junho 2012

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds