Sábado, 4 de Outubro de 2008

Professores ou Bruxos ?

 

Recebi por e-mail e acho que vale mesmo a pena ler

 

Por ordens ministeriais, todos os docentes deviam entregar, até ao dia 30 de Setembro, os objectivos individuais para este ano lectivo. Há escolas que adiaram o prazo por um mês, pois têm noção de que isso é impossível. Na grelha de objectivos individuais  aprovada na minha escola, os professores têm de escrever a percentagem de níveis dois,  três, quatro e cinco que se propõem dar no final do ano lectivo em cada turma! Se não cumprirem esses objectivos, terão de mudar e profissão.

Como é óbvio, eu, que não sou bruxo, terei de propor uma percentagem que seja aceite pelos meus avaliadores e que seja sempre inferior à do ano anterior. Os (des)iluminados tecnocratas que têm estas ideias nunca assistiram a uma aula de Psicologia do Desenvolvimento? Como é possível tratar crianças como objectos quantificáveis? Como é possível um professor que esteve em duas aulas com uma turma saber a percentagem de níveis cinco, quatro e três que atribuirá no final do ano? (Já não falo em dois, porque estamos proibidos de dar…) Eu sei que se pretende ensinar aos alunos que a vida é injusta, mas podíamos evitar que a avaliação também o fosse.

Eu já disse aos meus colegas que, se fosse bruxo, jogaria no Euromilhões e não perdia tempo a  adivinhar  os níveis que os alunos teriam no final do ano… Isto é uma palhaçada tão grande: mascarar o insucesso, obrigando os professores a melhorarem os resultados todos os anos até todos os alunos terem nível cinco a todas as disciplinas. Por favor, não me obriguem a ser mentiroso, só porque está na moda!

O verdadeiro sucesso que há na escola é o de professores que não sabem em que dia da semana estão e que se aguentam acordados durante o dia à base de cafés, porque não dormiram a corrigir testes de avaliação diagnóstica e a prepararem aulas, a imaginarem o sucesso dos seus alunos no final do terceiro período, a deitar contas à vida, porque o dinheiro que ganham não dá para pagar a renda, o combustível, as portagens, os tinteiros da impressora. Outros professores andam tão obcecados com o poder que lhes deram de "assassinar" a carreira de colegas que inventam matrizes de testes, estratégias diferenciadas, planos de aula, grelhas e gráficos… para poderem dizer: "-Vês, não podes ter Bom porque não fizeste isto ou aquilo! Até dás aulas muito interessantes, mas não deste a devida atenção ao rapaz que está na terceira fila, constantemente a olhar pela janela! Muda de vida!"   

Há quem diga que os professores insatisfeitos deviam mudar de profissão! Quem investiu anos da sua formação para fazer aquilo de que gostava, não deve mudar. A senhora ministra, que não percebe nada de pedagogia, não tem um discurso coerente nem entende o que se passa nas escolas, irá brevemente embora. Até o senhor Primeiro-Ministro que não frequentava as aulas e só falou verdade uma vez na vida, quando disse  que o seu objectivo era o de tornar os portugueses mais pobres, também irá embora e um dia chegará ao poder alguém que se preocupe com o que os alunos aprendem e não com as estatísticas, porque os ministros passam, os estatutos mudam, mas os professores continuam…

É uma pena a comunicação social só ir à escola, quando lá vão os governantes e tudo parece muito bonito para português ver na televisão. Os jornalistas deviam escolher uma escola e fazer uma reportagem, ouvindo o que professores, alunos e auxiliares têm para dizer.

Vendem-se ou dão-se aos alunos computadores com contratos de longa duração de 1 giga de downloads o que é ridículo e que será gasto durante um dia pelos alunos, se estiverem ligados ao "msn", depois cobram a preços elevadíssimos a utilização durante os outros 29. Isto é um "negócio da China" para as operadoras e para a propaganda do governo, que para todos os efeitos "deu" o computador! Mas livrem-se de terem o azar do computador ou da placa avariarem, nem imaginam o que vão gastar em portes postais e os aborrecimentos que terão!

A senhora Ministra tinha prometido que haveria projectores e computadores em todas as salas, no início deste ano lectivo. Na minha escola, quem quiser utilizar as novas tecnologias tem de comprar computadores, impressoras, tinteiros e projectores!  Ela quer a excelência, mas trata-nos como escravos que ainda pagam para trabalhar.

Já nem vou escrever sobre a entrega da gestão do parque escolar a uma câmara que eu conheço, que abandonou completamente as escolas do 1º ciclo com computadores com cerca de dez anos que já não funcionam e que obriga os pais a mandarem  papel higiénico e detergentes para a escola. Antes da atribuição de mais competências,  o governo devia ter verificado como essa câmara em concreto tinha gerido as escolas do 1º ciclo até ao momento.  

O Senhor Primeiro-Ministro tem mais jeito para vender computadores do que para governar o país, no entanto anda a festejar, porque piorou a vida dos portugueses, aumentando os impostos, a idade da reforma, criando portagens nas SCUT (só da região do Porto) e congelando as carreiras. Já não falo na subida das taxas de juro, pois acho que a culpa não é só sua! A mudança que operou no país foi para pior!

 

 


Maria João Oliveira

 

 

 

 

 

 


publicado por Brama às 00:05
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De pinguim a 4 de Outubro de 2008 às 08:10
Caro amigo
comecei a escrever neste espaço, um comentário a este teu post e reparei, a um certo ponto, que não era um comentário, mas sim um texto, pois alarguei-me talvez demasiado para aquilo que é um comentário. Sendo assim, guardei-o e vou publicá-lo num próximo post, como homenagem a todos os que, como tu, exercem a docência.
Abraço amigo.


De Brama a 4 de Outubro de 2008 às 12:03
Obrigado pinguim pelo dedicado comentário. Assim que lá estiver, verei com certeza.


De graduated_Fool a 4 de Outubro de 2008 às 12:36
Mais um texto que me irrita, entristece e me deixa cinzento em relação a esta profissão e ao país. É tão anedótico que parece surreal, mesmo.
Mas não há nenhum jornalista, alguém fora do ensino que faça a merda de uma valente reportagem em horário nobre para mostrar toda esta merda???? Pois claro que não! Anda tudo preocupado com notícias de galas da TVI, raptos não sei de quem, programa da Teresa Guilherme e presidenciais americanas... E mesmo que se preocupassem nunca seria ao ponto de entender verdadeiramente o que se está a passar no ensino português.
E nós professores continuamos a reclamar nas salas de professores, nos intervalos, nos cafés, escrevendo e-mails, posts, etc... mas posição de conjunto? Não, nada. Uma manifestação de 100 mil e assim por ali se ficou. Agora lá vão reclamando uns mais do que outros, mas todos vão seguindo um rebanho que, acanhado, lá vai atrás do pastor governamental. TODOS TÊM NOÇÃO DO QUÃO ABSURDO ISTO É MAS TODOS ACABAM POR IR ATRÁS... E ISSO É TÃO OU MAIS ABSURDO.

PROFESSOR: profissional que segue um rebanho absurdo (que sabe que é absurdo), que segue uma ministra absurda, que, por isso, é também ele absurdo.

A sério, que NOJO TUDO ISTO!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. SIA Lentil

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Sem "papas na língua", co...

. Heartbeat Educação

. Que seria de nós sem um G...

. Como estamos em Ditadura ...

. Born Free

. MDNA, in full conviction!

. Cheikh N`Digel Lô e MDNA

. É assim que Shanghai pens...

. Aziza Mustafa Zadeh

. O tempo é escasso

. Só para relaxar um pouco ...

. Mulher que mata qualquer ...

. She give me money ... whe...

. Ainda estou vivo

. Because of You ...

. Inté

.arquivos

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Junho 2012

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds