Domingo, 23 de Novembro de 2008

Recordemo-la ...

... porque não pode ser esquecida.

 

Esta mulher tem musicalidade em cada suspiro e teria sido um grande crime se não fosse cantora.

 

 

Revolution

Another Sun

Baby Can I Hold You

música: Tracy Chapman
tags:

publicado por Brama às 00:06
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sábado, 22 de Novembro de 2008

Slot Machine - Yesterday

E é para isto que serve o canal Nat Geo Music ... descobrem-se coisas engraçadas e bastante agradáveis de se ouvir, como por exemplo este "Yesterday" de uma banda vinda directamente de Bangkok, de seu nome "Slot Machine".

 

Não consegui pôr aqui o videoclip ... mas  este também serve.

 

música: Slot Machine - Yesterday

publicado por Brama às 23:51
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

1º Encontro em Londres

Depois de amanhã lá vou mais dois colegas da Escola, num avião da British com destino a London Gatwick. É  o primeiro encontro do Projecto Comenius em que estamos a participar, conjuntamente com mais 10 escolas, de 10 diferentes países europeus. Na bagagem levamos um conjunto de materiais para distribuir aos colegas, dvd's de um filme realizado pelos alunos da Escola, que apresenta os cursos e as ofertas que a Escola tem para os estudantes , livros de apresentação de nossa localidade e área concelhia, folhetos turísticos, esferográfias e lápis da escola e ainda, o álbum com fotos e descrições dos monumentos históricos locais e outros edifícios ou lugares de interesse histórico e patrimonial.

 

Como Londres nunca é demais, lá vou pois então ... excitado com a ideia de um nevão esperado para Domingo.

 

Já estou farto e saturado dos dias luminosos, embora frios, do nosso Sul. Tragam-me já a cosmopolita capital inglesa, castanha e imponente, a fervilhar de vida e de etnicidade. Tragam-me o frio,  a chuva constante, o bulício da mega urbe ... tragam-me também a neve (se ela tiver de acontecer ... espero que sim). Tragam-me a tumultuosa Oxford Street, agora certamente repleta de luzinhas natalícias. Tragam-me tudo isso e muito mais. Tragam-me aquela que é uma das capitais do mundo e definitivamente a capital mundial no continente europeu, seguida de Paris, Amesterdão e Berlim.

 

E já chega de divagações ... cheguei há pouco de uma sessão de massagens com óleos e duas gajas que me deixaram desconcertado e super relaxado. Vou-me deitar no sofá e continuar o relaxamento.

 

                                                                                                                                           Brama

 

 

 


publicado por Brama às 20:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Copiemos a Finlândia, pois então !

Sr. Primeiro Ministro:

Como Vª Exª tem a mania de nos comparar com a Finlândia, venho por
este meio dar o meu pequeno contributo sobre as comparações que tanto
gosta de fazer entre os 2 distantes, mas dignos Países:

1. Na Finlândia as turmas têm 12 alunos;


2. Na Finlândia há contínuos, aliás - políticamente correcto-
'auxiliares de accção educativa', acompanhando constantemente os
professores e educandos;


3. Na Finlândia, as crianças são educadas pelos pais no intuito de
respeitarem a Escola e os Professores;


4. Na Finlândia todas as turmas QUE TÊM ALUNOS com necessidades
educativas especiais, têm na sala de aula um professor especializado a
acompanhar o aluno que necessita de apoio;


5. Na Finlândia as aulas terminam às 3 horas da tarde e os miúdos vão para
casa brincar, estudar;


6. Na Finlândia o ensino é totalmente gratuito inclusivamente os
LIVROS, CADERNOS E OUTRO MATERIAL ESCOLAR;


7 . Na Finlândia não há avaliadores, professores avaliados nem Inspectores.!!!!!


8. Na Finlândia os professores têm tempo para preparar aulas e são felizes.

Nota alguma diferença???

Muito obrigado pela atenção!!!!

 

(recebido por e-mail)

 


publicado por Brama às 20:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

Exemplo das preocupações que deveriam competir ao Ministério da Educação

Exemplo Britânico

   O exemplo britânico. Os pais dos alunos com comportamentos violentos nas escolas britânicas vão passar a ser multados num valor que pode ir até aos 1450 euros. 'As intimidações verbais e físicas não podem continuar a ser toleradas nas nossas escolas, seja quais forem as motivações' sublinhou a Secretária de Estado para as Escolas. Disse também que ' as crianças têm de distinguir o bem e o mal e saber que haverá consequências se ultrapassarem a fronteira'. Acrescentou ainda que 'vão reforçar a autoridade dos professores, dando-lhes confiança e apoio para que tomem atitudes firmes face a todas formas de má conduta por parte dos alunos'. A governante garantiu que 'as novas regras transmitem aos pais uma mensagem bem clara para que percebam que a escola não vai tolerar que eles não assumam as suas responsabilidades em caso de comportamento violento dos seus filhos. Estas medidas serão sustentadas em ordens judiciais para que assumam os seus deveres de pais e em cursos de educação para os pais, com multas que podem chegar às mil libras se não cumprirem as decisões dos tribunais'. O Livro Branco dá ainda aos professores um direito 'claro' de submeter os alunos à disciplina e de usar a força de modo razoável para a obter, se necessário.


Em Portugal, como todos sabemos, o panorama é radicalmente diferente. Por cá, continua a vingar a teoria do coitadinho: há que desculpabilizar as crianças até ao limite do possível, pois considera-se que o aluno é intrinsecamente bem formado, o que o leva a assumir comportamentos desviantes são factores externos (contexto social e familiar) que ele, coitado, não consegue superar. Temos assim que o aluno raramente é penalizado e quando o é, os castigos ficam-se na sua maioria por penas ligeiras, não vá correr-se o risco de o menino/a sofrer traumas que o podem marcar para o resto da vida. As notícias sobre actos de vandalismo, de agressão, de indisciplina e de violência, praticados em contexto escolar que, com progressiva frequência vamos conhecendo, deveriam merecer da parte de quem tutela a educação, medidas mais enérgicas que infelizmente tardam em chegar.

(Recebi este texto por e-mail)

 

...

 

Eu acrescento que, não vão chegar mesmo (referindo-me às medidas enérgicas).

 

Mais, actualmente suspender um aluno por uma má conduta, não é uma penalização. É mesmo um benefício. A criança vai de férias uns dias  porque obviamente não vai ser duplamente prejudicada. Já lhe chega o "trauma" da sanção. Evidentemente que não podemos penalizar a criatura em termos de faltas ou até lesá-lo no acompanhamento da matéria que perdeu. Os professores empenhar-se-ão em ser sancionados também por sancionarem o aluno. E como é que isso é feito? Dedicando-se, para além de todos os outros milhentos papéis que têm de preencher e dar despacho, a preencher mais uns quantos, que serão especificamente os testes ou fichas ou diagnósticos ou outra m**** qualquer (já ninguém percebe porque a Ministra veio dizer que TODOS os professores interpretaram mal o Estatuto do Aluno), para conseguir avaliar ou aferir ou whatever as dificuldades da criancinha.

 

Assim sendo, em Portugal acontece algo, certamente inédito em todo o Mundo. O aluno incumpre, comporta-se mal, é prevaricador e mal-educado, agrediu o colega ou o professor mas ... vai de férias (na pior das hipóteses) e o professor sofre uma sanção.

 

                                                                                                                                               Brama


publicado por Brama às 19:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

É a Vergonha Total !

Como previsto, a FENPROF abondonou a reunião com a Ministra após 10 minutos do seu início. Não vale a pena insistir em conversações e quaisquer tipo de negociações com quem só se ouve a si próprio e determinou à partida o desenrolar das decisões, quem é surdo e vive apenas a sua realidade, a que lhe interessa. E é aquela mulher socióloga. Só pode ter sido uma péssima estudante universitária ou então, fez o curso como o Sócrates fez o inglês.

 

Como se não bastasse, todos os professores andam a receber uma "intimidação" via e-mail. Trata-se de uma aplicação enviada pela Direcção-Geral dos Recursos Humanos da Educação, onde os professores deverão introduzir os seus objectivos individuais, para a sua avaliação de desempenho. Que golpe baixo e abolutamente nojento. O Ministério não mede meios para conseguir os seus propósitos. Não é isto ditadura e fascismo?! ... uma pressão individualizada para causar o pânico junto dos professores que, individualmente acabam por se sentir mais vulneráveis e ficam sem saber quem envia ou não os seus objectivos. Que atitude baixa e vergonhosa para um Ministério que se intitula "da Educação".

 

Eu não vou preencher nada, porque não aceito ser destratado desta forma. Exijo respeito e todos devemos exigir esse respeito. Não preencho coisa alguma. Onde é que já se viu tratar assuntos de seriedade profissional via e-mail ! E ainda por cima ninguém foi avisado para tal. Então este assunto da definição de objectivos já não é de âmbito escolar?! Não são os órgãos de gestão a definir os objectivos juntamente com os professores e a entrevistá-los?!

 

E além disso, como é que o Ministério teve acesso a tantos e-mails, de tantos docentes?! Onde está essa base de dados?! E quem é que autoriza o Ministério a invadir tantas caixas de mail, de tantos docentes para causar o medo e o pânico junto dos professores?!

 

Não aceito isto ... e recuso-me a preencher seja o que for.

 

                                                                                                                                     Brama


publicado por Brama às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Vai uma "Ovação" para a Suspensão !!!

Incrível é a palavra certa.

 

Já era muita gente junta contra a Ministra e o Ministério ... professores, funcionários e agora pais e alunos. Assim dava demasiado nas vistas, não era Sra. Ministra? E a senhora e o seu superior sabem que, pelo menos, a arrogância, a soberba e o orgulho besta, não podem ser directamente proporcionais à perda de votos nas próximas eleições, não é verdade ? Já perdeu os professores há muito, não vá agora perder também pais e alunos!

 

Parece que uns ovinhos na sua focinheira e dos seus secretários, serviu pelo menos para vos acordar, quais Belas Adormecidas (Belas?! ... Feias, Horrendas), nem que momentaneamente, de um sono de profunda e intrépida estupidez.

Siiiim ... momentaneamente, porque a vossa ignobilíssima insanidade é tanta que só em raros instantes atinge a corrente lucidez, própria dos seres dotados de um paupérrimo senso comum.

 

Com que então gostaram dos ovinhos, hã !!! Meia dúzia de alunos meia-lecas, por estabelecimento de ensino, com umas quantas caixinhas de exsurgências de galináceo, conseguiram em escassas horas o que 100 mil professores de uma vez e 120 mil de outra, nem sequer vislumbraram alcançar ... a descida de um singelo degrau do seu altaneiro pedestal de verborreia mental e diarreia governativa. Bem hajam os referidos alunos ... e os seus ingénuos ovinhos !

 

Para a próxima manif de professores eu aconselho uma gigantesca omolete de ovos de Avestruz a descer a Avenida da Liberdade e a desfilar pela 5 de Outubro, até ao sítio certo ... as ventas de sua majestade promotora de mestrados e doutoramentos em Ignorância Avançada junto dos nossos discentes, Miss Miluzeca.

 

Suspensão p'ra Ministra da Educação !

Suspensão p'ra Ministra da Educação !

Suspensão p'ra Ministra da Educação !

 

Mas o pior é que a senhora ainda conseguiu com esta apelidada "clarificação da lei", mais uma vez, passar para a comunicação social a imagem de que são todos os docentes, os estúpidos, burros e iletrados que, nem sequer conseguiram analisar correctamente as leis que "vomita" cá p'ra fora. A senhora vomita, vomita e não há ninguém que consiga pôr cobro a tanto mal-estar. Então, afinaaaal faltas justificadas já não é sinónimo de exame! Malvados professores, não houve um único que conseguisse ler cabalmente os seus decretos, já viu como é possível!  Pois claro que não, obviamente ... a senhora não é deste mundo, escreve e fala como um ser alienígena, ninguém a entende ... só a sua comitiva de raios-te-parta.

Sabe o que senhora merece? Sabe? ... mais manifestações, greves a tudo e mais alguma coisa, que os professores não a deixem dormir em paz de maneira alguma. Da minha parte farei o que me for possível e estiver ao meu alcance para a deixar "animada" porque "estar vivo é o contrário de estar morto" e eu quero vê-la viva, vivinha de raiva, escárnio e desassossego do alto da sua nave espacial.

 

                                                                                                                                                        Brama

 

 


publicado por Brama às 21:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 16 de Novembro de 2008

I Don't Wanna Hurt ... No More

Anouk in Gelredome (Arnhem - Netherlands) - Who's Your Mamma Tour

 

 

música: Anouk - I don't wanna hurt

publicado por Brama às 13:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Blindness

 

Contrariamente às críticas não muito abonatórias para com o mais recente filme de Fernando Meirelles, realizador de "Cidade de Deus" e "O Fiel Jardineiro", eu gostei bastante e a minha avaliação é muito positiva. Tal como no romance "Ensaio sobre a Cegueira" de José Saramago, no qual o filme se baseia, senti do princípio ao fim, um nervoso miudinho, uma tensão constante e um nó na garganta. Evidentemente que um filme tem sempre uma certa dificuldade em transmitir, em alguns minutos, todas as sensações de que um livro é capaz. No entanto este filme fê-lo bastante bem, é tocante, sufocante, frio por vezes, extremamente emotivo noutros momentos, muito forte e realista, com cenários espectaculares, com momentos de extraordinária beleza, enternecedor e revoltante e com excelentes interpretações de vários actores. Mais do que o tema da Cegueira, usada aqui como pretexto metafórico para enaltecer algo de muito mais elevado na abordagem às sociedades humanas e às diferentes dimensões e prioridades em termos dos seus valores e preocupações, este filme tem a capacidade de expôr o pior e o melhor do ser humano, numa eventual situação limite em que seja necessário pôr à prova aquilo de que o Homem é capaz para sobreviver. Há várias cenas neste filme que considerei belíssimas e de que não me esquecerei.

 

                                                                                                                                                         Brama

 

A bela Julianne Moore que, neste filme, faz-me tanto lembrar Ela (isto é, a Madonna)

 

 


publicado por Brama às 01:45
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

É dessas mulheres para comer com 10 talheres

 

 


publicado por Brama às 21:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O Governo é Ilegal

"Suspende-se ou solicita-se a Suspensão?"

 

Tema sério e grave!!!

 

"A Escola não pode suspender um processo de avaliação, quanto muito pode solicitar a suspensão porque há que zelar pela nossa imagem pública e, embora estejamos desgostos e cheios de razão contra este modelo de avaliação, temos sempre de seguir os trâmites legais, para que ninguém nos possa apontar nenhum defeito de forma ou de princípio."

 

As minhas duas questões imediata são:

 

1ª - Para quê solicitar a suspensão? Será que a equipa ministerial alguma vez aceitaria essa solicitação quando 120 mil professores nas ruas não os fizeram recuar um passo?

 

2ª - Que imagem pública têm ainda os professores a defender?

 

A Suspensão é o caminho certo porque não vejo nenhuma hipótese de entrar em mais conversações com este Governo. E por falar em ilegalidades, que dizer das muitas ilegalidades cometidas pelo Governo neste processo de avaliação de professores!!! E que dizer da maior de todas as ilegalidades, quando achavámos que iriamos ter um Governo socialista e afinal se tranformou em fascista!!! Maioria absoluta não tem de ser igual a ilegalidade, ou tem?!

 

Várias escolas suspenderam o modelo, incluindo a minha. Muitas mais farão o mesmo porque é o único caminho possível. Parece que os órgãos de gestão de muitas escolas portuguesas já estão a receber instruções superiores no sentido da intimidação dos docentes que suspenderam a avaliação, que serão sancionados à posteriori. Depois de tudo, parece-me que não poderemos nunca ceder a pressões e sustentar este "braços de ferro" com o Ministério ... afinal somos tantos e se quisermos bloqueamos este processo que é, acima de tudo, injusto e destruidor da nossa profissão.

 

É lamentável a atitude da Ministra da Educação e respectivos Secretários e sobretudo do Primeiro-Ministro que, sistematicamente suja a imagem dos professores junto da opinião pública, para além de deturpar muitas informações ou mentir mesmo, em favor da sua governação e em detrimento da credibilidade dos docentes.

 

São de lamentar igualmente os comentários do Presidente da República que, ao invés de cumprir as suas obrigações enquanto Instituição que é, não tem feito absolutamente nada nas questões mais sensíveis, limitando-se a apelar à serenidade (como se fosse possível ser sereno com um Governo autista!) e a "repreender" professores e alunos em todo este processo.

 

A Educação em Portugal está, em minha opinião, a atravessar o período mais crítico e vergonhoso de sempre.

 

Estes governantes não servem a Educação Nacional e não servem para nada.

 

                                                                                                                                                   Brama


publicado por Brama às 19:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 9 de Novembro de 2008

Dinge die mein schatz mir beibringt

Joachim Witt und Peter Heppner - Die Flut "A inundação"

Oomph - Augen Auf "Olhos abertos"

Die Ärzte - Lass die leute reden "Deixa o pessoal falar"

Silbermond - Durch Die Nacht "Pela noite fora"

 

tags:

publicado por Brama às 23:34
link do post | comentar | favorito
|

As Palavras estão Gastas!

Dia 8 de Março de 2008, 100 mil professores na rua contra o sistema educativo e o esquema de evaliação imposto aos professores, batendo um record no número de docentes mobilizados numa manifestação.

 

Dia 8 de Novembro do mesmo ano, os professores estão novamente na rua para contestar outra vez, um sistema que não tem pernas para andar. Desta feita e contra todas as expectativas, após a mega-manifestação de, exactamente 8 meses antes, estão em Lisboa 120 mil professores. Só faltaram 25 mil, dos quais, muitos não foram por mil razões diferentes de, concordarem com este sistema. Portanto, os que concordam com esta atrocidade tal como está, são uma ínfima minoria.

 

Mas parece não chegar.

 

Para Maria de Lurdes Rodrigues não chegou, não foi um sinal claro de desmotivação, de inaceitação de algo que é absolutamente irracional.

É autista e a última pasta que deveria assegurar seria a da Educação. Esta Ministra é tudo menos educada.

 

Acho que os professores devem partir para a "ignorância". Não há mais discurso possível com este Ministério, nem compreensão possível, nem acordos, nem coisa nenhuma. Os professores devem "partir a loiça toda" até porque já pouco ou nada têm a perder.

 

As escolas devem parar a avaliação e ponto final. Parar de vez ou então, parar as escolas e as aulas, até que Maria de Lurdes acorde de um profundo sono de estupidez política e cega arrogância.

 

Por mim, assino tudo o que for contra este Ministério e esta Ministra.

 

 


publicado por Brama às 15:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

Manif no Dia 8

"Não vale a pena porque não vai resultar em nada."

 

"Sou contra as manifestações."

 

"As pessoas já se desmotivaram porque na de Março foram 100 000 professores e não se fez nada."

 

"Ainda se fosse durante a semana!"

 

Estes e outros argumentos sustentam a tese de NÃO ir à manifestação do próximo dia 8. Pelo menos, estes são alguns dos que ouvi. Não sei se algo resulta ou não, apenas sei que não é sustentável que assim continue. Lamento, mas não é mesmo. Este processo é doentio e sarcástico. Parece-me que já chega. O Ministério da Educação/Deseducação já anda a gozar com esta treta toda e com os professores deste país, há muito tempo. Será que os professores que são tantos, não conseguem pôr cobro a um bando de carrascos, quais milhões de judeus a sucumbir face à prepotente e sádica  vontade criminosa de um punhado de nazis?

 

BASTA!!!

 

Já veio a público que, pelo menos 50% das escolas nacionais pararam e se recusaram a continuar com esta enferma avaliação que, mais não é que um processo de selecção "natural" da espécie PROFESSOR, uma gigantesca trituradora da docência. Haja consciência porque isto, esta monstruosidade não pode permanecer mais.

 

Depois como se não bastasse esta "doença", os professores já têm outra para lhes dar cabo da paciência, as novas regras do próximo concurso de professores que, ameaçam grandemente a pouca estabilidade que alguns profissionais da Educação já havia conseguido ao longo dos anos, por uma profissão que, afinal é tudo menos aquilo que realmente deveria de ser.

 

Será que é necessário pagar tanto só porque um belo dia decidimos enveredar por esta via profissional?!

Será que tantos profissionais da educação foram grandes criminosos, ladrões, violadores, saqueadores, homicidas, torturadores na outra vida, para que estejam agora a padecer tanto desrespeito, amputação de direitos e agravamento de múltiplos deveres que, nem deveriam ser seus, mas de tantos outros profissionais de outras áreas ( ou dos próprios pais dos seus alunos ...)?!

 

BASTA!!!

 

Não me interessa o que vai resultar ou não. É-me já indiferente. Fui às anteriores manifestações e irei a esta também, porque antes de mais, tenho de ser coerente com os meus próprios princípios e convicções. É o momento que me é possível ter para libertar as minhas energias, os meus ódios, os meus fantasmas profissionais e vou fazê-lo. Vou fazê-lo da mesma forma como o fiz na última manif, onde estiveram 100 mil professores e nada resultou.

 

Pode ser que agora algo resulte, talvez sim, talvez não. Se ficarmos todos em casa é que, certamente nada resultará. Nessa altura as elevadas entidades desencadeadoras de toda esta "merdança deseducativa" perceberão que os professores se renderam, baixaram os braços ou, quiça cinicamente, virão a público concluir que os professores estão contentes e conformes com tudo o que tem vindo a ser deliberado e que está em curso nas escolas.

 

NÃO, NÃO QUERO PACTUAR NEM COM UMA COISA, NEM COM OUTRA.

VOU E VOU E GOSTARIA QUE MUITA GENTE FOSSE, DOCENTES E NÃO DOCENTES PORQUE ESTE DEIXOU DE SER UM PROBLEMA SÓ DOS PROFESSORES, ESTENDE-SE ÀS FAMÍLIAS DESTES E ATÉ À SOCIEDADE EM GERAL.

 

ESTE MINISTÉRIO E ESTE GOVERNO ESTÃO A ACABAR COM A SOCIEDADE PORTUGUESA E COM O POUCO DE BOM QUE LHE RESTA.

 

                                                                                                                                                   Brama        

 


publicado por Brama às 19:01
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. SIA Lentil

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Sem "papas na língua", co...

. Heartbeat Educação

. Que seria de nós sem um G...

. Como estamos em Ditadura ...

. Born Free

. MDNA, in full conviction!

. Cheikh N`Digel Lô e MDNA

. É assim que Shanghai pens...

. Aziza Mustafa Zadeh

. O tempo é escasso

. Só para relaxar um pouco ...

. Mulher que mata qualquer ...

. She give me money ... whe...

. Ainda estou vivo

. Because of You ...

. Inté

.arquivos

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Junho 2012

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds