Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Odeio arranjos automóveis ... odeio!

 

 

Além de tentar sempre escapulir-me a pagar portagens ou estacionamentos, porque trata-se de um roubo puro e descarado (principalmente as portagens, claro) e ficar com a terrível sensação que estou a contribuir para pactuar com um roubo, do qual sou, como outros tantos, alvo preferencial ... tenho um ódio abismal a arranjos na minha triste e senil viatura ... tem já sete anos, logo é senil. Neste aspecto, na graça do Senhor, tenho sido pródigo, não me escapo a frequentes aspectos de pormenor e arranjos que pesam bem na mísera bolsa do docente, que não conta com a jeitosa ajuda de progenitores. E assim foi ... após uma semana em que tinha pedido orçamento  numa oficina aqui perto para colocação de dois amortecedores, quando julguei que já se haviam esquecido de mim, eis que recebo uma mensagem que me dá conta dos preços solicitados. Fiquei a saber que cada amortecedor (da concorrência), rondaria a módica quantia de 79 euros (79+79=158 euros); se fosse mais alarve e quisesse amortecedores de origem, aí seria 96,24 euros cada um (96,24+96,24=192, 48 euros). Assim que pude, dirigi-me à tal oficina para confirmar os preços e pedir o orçamento final, incluindo a mão-de-obra que, a avaliar pelos valores pedidos, julguei que no mínimo, deveria ser gratuita. Pois é ... não era bem assim. Optando pelos amortecedores mais baratos, teria de acrescentar-lhes cerca de duas horas de trabalho, numa ordem de cerca de 40 euros de mão-de-obra à hora. Feitas as contas, fiquei elucidado, a colocação dos desejados amortecedores rondaria os 240 euros, mais coisa, menos coisa, isto é, 50 contos, valor muito acessível às bolsas do pessoal com ordenado mínimo por exemplo, como deverão calcular. Embora não seja exactamente o meu caso, confesso que não fiquei com grande vontade de ver o meu carro rapidamente melhorado ... fiquei chateado, fiqueeeiiiii. Pensei e pensei, resolvi ir a outro lado, fui a outra oficina, já agora por mera curiosidade e havia outra nas traseiras daquela, que entre outras especialidades, colocava amortecedores nos automóveis. Achei brilhante! Desinteressadamente questionei sobre os montantes solicitados para o tal fim ( digo desinteressadamente porque naquele preciso momento, mais do que estar ali, queria uma caminha quentinha, sentia-me fraco com a constipação que todo o santo dia se apoderou do meu proteíco corpinho e ameaçava traduzir-se num certo estado febril). Fiquei um pouco mais elucidado, 75 euros cada amortecedor mais 20 euros pela mão-de-obra, tudo por mais ou menos uma hora de trabalho ... contas feitas, tcha nan ... 170 euros. Numa oficina a uns passos pediam-me 240 euros, ali pediam-me 170 euros ... coerência total como é de concluir. Com 70 euros, um pobre professor é capaz de comer pelo menos durante quase duas semanas, se for mesmo muito pobre ... talvez um mês, abdicando de uma ou duas refeições diárias. Claro que nem hesitei ... ficou logo ali ... esperei e esperei ... para não perder tempo estupidamente, dediquei-me a uma interessante leitura (projecto curricular da escola, documento que já se antevê como best seller). Pronto ... voilá, amortecedores postos, quantia paga ... stress apaziguado no imediato com a compra de três pitorescos pés de bambu para colocar num elegante solitário de vidro preto comprado na loja do gato preto.

O único aspecto positivo de ser pobre é que .... desenvolve uma capacidade de sobrevivência e uma ginástica cerebral viva e frenética.

                                                                                                                              Brama

 

 

sinto-me:

publicado por Brama às 23:06
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Maria a 12 de Outubro de 2007 às 10:07
Isto dos carros é terrível. Tu é com oficinas e eu, até agora, é em gasolina. É uma renda!!

Os amiguitos do Lado Obscuro da Força querem que passes a ir lá, ao blog deles, dar a tua opinião! Adiciona-os à tua lista...

Bjs


De Brama a 12 de Outubro de 2007 às 17:35
Porque dizes isso? foram eles que disseram isso ou és tu que queres?! Ummmm, não sei se gosto da ideia, algumas coisas lá são algo esquisitas, ou não?!


De Maria a 12 de Outubro de 2007 às 23:16
Coisas Esquisitas?!!! LOL

Tu fizeste um comentário no meu blog a dizer que tinhas achado muita piada ao texto que eles escreveram sobre BNC. Um deles leu o teu comentário e respondeu-te dizendo que eras bem vindo no blog a comentar os posts. Como calculei que não tivesses lido, informei-te.

Olha que também é assim que arranjas novos leitores para o teu blog.

O Lado Obscuro da Força é um blog de humor. Acho que está bem escrito. Por vezes é um humor negro, corrosivo, mas acho que é inteligente. Não sei o que tem de esquisito, mas pronto... faz como quiseres!!


De Graduated Fool a 12 de Outubro de 2007 às 17:32
Eu junto a situação do Brama com a situação da Suspeita. Brama+Suspeita=Graduated Fool. Ah pois é. Ele gasta nos arranjos. Ela na gasolina. Eu gasto nos arranjos, na gasolina... na portagem, no stress diário do excesso de trânsito, no levantar-me de noite para ir conduzir para tal inferno. NÃO SE QUEIXEM, SEUS PINDÉRICOS! GRRRRRR....

Pois é, se o Brama acha que um carro com 7 anitos é senil, então o meu com 14 anos é o quê? Um dinossaurio. Não custa mais gastar tostões sequer com um carro destes? Custa.
E o menino Brama vive ao lado da escola, portanto, o seu carro ainda tem muitos anos pela frente. Eu, para além das horas de caminho, dos engarrafamentos diários, da portagem que pago todos os dias, faço 100 km e levanto-me às 6h da manhã. Tudo num dinossaurio mais que velho que, a qualquer momento, me prega uma na estrada GRRRRRRR....

P.S.1. - As pessoas com ordenado mínimo nacional, pura e simplesmente, não deviam ter carro, logo não gastam estes dinheiros estúpidos que, ainda por cima, mudam de oficina para oficina porque eles fazem o que querem, levam o dinheiro que querem.

P.S.2. - Gostava mais quando escrevias os textos a branco, pelo menos só de uma cor. Isto de muitas cores não aprecio muito. Mas se você gosta, use, use imenso e abuse tanto de tanto.


De Brama a 12 de Outubro de 2007 às 18:15
Este texto tem uma só cor!!!!

Você hoje está cáustico.


De Graduated Fool a 12 de Outubro de 2007 às 21:31
Não é isso. Leia o que escrevi.

Gostava mais do aspecto do blog quando escrevias só de uma cor (todos os textos da mesma cor). Dava-lhe identidade. Deixa lá, sou eu com as minhas coisas da estética. :)


De The Tales Maker a 13 de Outubro de 2007 às 16:16
Por acaso concordo com o Graduated quanto à cor dos caracteres. Quanto aos arranjos, pois de vez em quando TÊM lugar. Enfim.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. SIA Lentil

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Crato no "Mundo Perdido" ...

. Sem "papas na língua", co...

. Heartbeat Educação

. Que seria de nós sem um G...

. Como estamos em Ditadura ...

. Born Free

. MDNA, in full conviction!

. Cheikh N`Digel Lô e MDNA

. É assim que Shanghai pens...

. Aziza Mustafa Zadeh

. O tempo é escasso

. Só para relaxar um pouco ...

. Mulher que mata qualquer ...

. She give me money ... whe...

. Ainda estou vivo

. Because of You ...

. Inté

.arquivos

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Junho 2012

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds