Sábado, 11 de Outubro de 2008

A Sociedade não está preparada!

Ontem foi chumbado o casamento entre homossexuais na Assembleia da República. Na bancada socialista parece que só Manuel Alegre votou favoravelmente, contrapondo de modo indesejável a posição do partido. Isto não é novidade nenhuma nem me surpreendeu. Surpreendido ficaria se aquelas medíocres carcaças políticas que (des)orientam o rumo deste país, tivessem uma posição contrária e pela primeira vez neste mandato, me orgulhassem minimamente. 

A questão não é prioritária para este governo ... pois claro que não, que disparate! A única prioridade governativa tem sido empobrecer mais o povo e retirar-lhes direitos. Como é que o casamento entre os "mariconços" e as "fuforras" poderia alguma vez ser uma prioridade política !!! ... a grande prioridade deste governo é nesta altura não provocar grande polémica, não vão eles perder as próximas eleições e darem lugar ao igualmente indesejado PSD. Sim, porque pelo povo só existem duas opções: PS e PSD (até nisto se vê a tacanhez portuguesa, nenhum dos dois partidos parece servir mas é o destino ... E o destino é viver-se cada vez pior, parece-nos uma inevitável fatalidade). Para as próximas eleições teremos novamente o PS a liderar e queira Deus que não surja aí uma coligação PS/PSD para darem a machadada final na democracia nacional, se é que ela ainda existe.

 

Nem vale a pena falar da parte da procriação. Não conheço nenhum casal hetero que tenha sido obrigado a "descasar-se" só porque não tem filhos ou porque um deles é estéril.

 

Adiante ...

A Sociedade não está preparada!

 

Pois não, não está nem nunca vai estar, se é que a sociedade tem de estar (eu não lhe reconheço o "direito da preparação" para ser um igual). Uma sociedade tacanha de gente ignorante ou, por opção desinformada, sustentada e alimentada por uma classe governativa que segue a mesma trajectória (referindo-me à tacanhez, porque a parte da desinformação não deveria aqui fazer algum sentido), nunca estará preparada para nada.

 

A preparação começa logo mal quando se submete à opinião de todos, com ridículos questionários, a possibilidade ou não dos homossexuais casarem. Esta questão deveria apenas ser votada pelos potenciais  interessados (os próprios homossexuais), ou a sociedade que prefere ignorar que esta gentinha existe, agora já está interessada em misturar-se com a paneleiragem!

 

Não é aceitável que:

 

1º nos dias de hoje ainda haja discussão em torno de um direito que deveria estar adquirido há muito o que, mais uma vez prova o atraso estrutural deste país, atraso ético, humano, relacional;

2º derive da "aceitação" de outrém, a possibilidade de uma parte da população ter iguais direitos. Esta questão é tão ilógica quanto submeter a inquérito se a Sociedade aceita ou não o casamento de negros, de gordos, de pessoas com alguma deficiência física ou até, porque não, pessoas estéreis (não é afinal fundamento do casamento, desembocar em filharada?!).

 

"Pequena" lista de "coisinhas nacionais" para as quais não estou preparado:

(NOTA: Não fui submetido a inquérito para opinar sobre nenhuma delas)

 

- Ver animais maltratados, abandonados na rua, mortos e esventrados nas estradas portuguesas;

- Gente que escarra na via pública e atira lixo na rua;

- Violência e desobediência nas escolas portuguesas, para com professores e funcionários;

- Reformas de miséria a pessoas que trabalharam honestamente toda uma vida;

- Fuga de dinheiro pago pelos contribuintes que deveria,  naturalmente servir, para melhorar os equipamentos e infraestruturas das áreas rurais e urbanas;

- Impunição de pedófilos, ladrões, corruptos endinheirados e bem relacionados;

- Incumprimento das regras de condução por parte da polícia e da GNR;

- Meses e anos de espera para uma operação absolutamente necessária, nem que seja para melhorar a qualidade de vida imediata de um utente;

- Incorrectos diagnósticos de problemas de saúde com gravosos resultados, por simples negligência e impunidade dos responsáveis envolvidos;

- Desvio de dinheiro dos fundos comunitários para fins diferentes daqueles a que se destinavam;

- Furto e roubo sem qualquer impunidade;

- Insegurança dos trabalhadores com a fantástica descoberta da Flexisegurança;

- Desincentivos reais à possibilidade dos portugueses terem filhos (é no mínimo engraçado que se justifique o não-casamento dos homossexuais pela impossibilidade destes procriarem quando o próprio Governo só toma medidas de desincentivo à natalidade);

- Dificuldades extremas em adoptar crianças abandonadas para muitas vezes estas ficarem em casas de acolhimento onde estão à mercê de toda a espécie de sevícias sexuais;

- Isto e aquilo e o outro ... a listinha não acaba mais porque na realidade este país está gravemente doente.

 

Mas calma, parou tudo, vamos lá arranjar argumentos para impedir os gays de se casarem, assim argumentos hipócritas, falaciosos e sobretudo ilógicos, mas que impeçam aquela parte da população de alguma vez ousar ter os mesmos direitos que nós. Tivessem nascido heteros. Ousaram nascer gays, tiveram a coragem de dar a cara contra tudo e todos, têm-se safado sem nada lhes acontecer, porque já não são mortos nas câmaras de gás, queimados pela santa inquisição, já não são presos ou mortos (contrariamente a sociedades de países islâmicos, sul americanos ou africanos), ainda vão sendo "aceites" pelas famílias e amigos. Que mais querem?! ... não acham que já chega. Agora até querem casar. Não se lhes pode dar um braço que querem logo o corpo todo. Cambada de  ...

 

Brama


publicado por Brama às 16:05
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 27 de Setembro de 2008

Ainda sobre o Casamento Gay ...

A propósito da "polémica " questão do matrimónio entre pessoas do mesmo sexo que, por azar do destino, erraram no género objecto do seu amor, ver opinião da minha amiga suspeita em

 

http://suspeitas.blogs.sapo.pt/

 

 

A questão é obviamente mais política que outra coisa qualquer. De qualquer forma, a partir do momento em que não se reconhecem iguais direitos a todos os cidadãos de um país, agravado dos motivos ultrapassarem o foro da sua vontade, por primários interesses de estratégia política, digo, repito, reitero e afirmo sem reservas e em qualquer lado que este Governo me enoja. Além de desprezo por esta equipa governativa e  porque não as anteriores que, perante a mesma questão, nunca tomaram uma posição que firmemente respeitasse e reconhecesse iguais direitos humanos, o meu sentimento mais real e no estado mais bruto é de repulsa, de um nojo irracional.

 

Antes ainda me dedicava a perder tempo com explicações de diversa ordem. Agora, hoje em dia, com o esclarecimento que já existe, com a informação ao dispôr de toda a gente, não é sequer admissível que este problema se coloque. Esta decisão de adiar o inadiável (porque se trata acima de tudo de um igual direito), de impedir a felicidade de alguns (porque alguns, ainda que sejam poucos, têm direito de concretizar esta que até pode ser uma razão de sua felicidade), expressa antes de mais nada, a profunda maldade do ser humano, a incapacidade de ver o outro como igual a si mesmo. E este Governo é um maldoso estratega, homofóbico, discriminatório.

 

                                                                                                                                      Brama

 

 


publicado por Brama às 01:06
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Ironizar é o melhor remédio

 

 

 

 

 

sinto-me:

publicado por Brama às 01:39
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A Sociedade não está prep...

. Ainda sobre o Casamento G...

. Ironizar é o melhor reméd...

.arquivos

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Junho 2012

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds